Tirantes Protendidos2018-09-20T12:41:57+00:00

Project Description

Tirantes Protendidos

SOBRE O SERVIÇO

Tirantes têm como característica principal o fato de terem uma grande resistência à tração. Por este motivo são utilizados basicamente como ancoragens. Os tirantes são elementos bastante esbeltos, com uma grande quantidade de aço, que pode ser em forma de barras, fios ou cordoalhas, podendo ser em uma única barra ou em múltiplas cordoalhas. Por trabalharem à tração, trabalham basicamente por atrito lateral com o solo, sendo executados em furos de pequeno diâmetro e comprimento relativamente elevado.

Os tirantes possuem um trecho livre, para evitar a aplicação de carga em pontos indesejáveis (como por exemplo em uma cortina de contenção, onde o trecho livre serve para evitar que a cunha de ruptura seja tracionada) e um trecho ancorado, que é o responsável pela transmissão do esforço ao solo. O fato do tirante possuir um trecho livre e ser um elemento esbelto faz com que sempre possua deformações consideráveis até a sua carga chegar na carga de trabalho. Por este motivo, os tirantes devem ser protendidos, onde a carga á aplicada antes do tirante ser posto em utilização, para que estas deformações aconteçam antes da estrutura solicitar o tirante. Este fato traz uma vantagem adicional, que é o fato do tirante aplicar cargas à estrutura, reduzindo assim as deformações da estrutura como um todo.

Além do trecho livre e do trecho ancorado, os tirantes possuem uma cabeça onde é aplicada a força de protensão e que vai transmitir estes esforços para a estrutura.

QUERO CONTRATAR

Diferencial Ensolo

A Ensolo preocupa-se em atender todos os itens da NBR 5629/2006.

Isto significa que os tirantes executados pela Ensolo terão todas as proteções contra corrosão previstas, assegurando o seu bom comportamento durante toda a sua vida útil.

Além disto, a Ensolo preocupa-se em realizar os ensaios preconizados por esta mesma norma, garantindo a segurança da obra e dos seus colaboradores.

PROCEDIMENTO EXECUTIVO

Inicialmente a perfuratriz deverá ser posicionada na posição do furo e deverá ter a sua torre ajustada de modo a ficar no ângulo pedido no projeto. A perfuração então começa, sendo utilizados tricones e revestimentos dotados de sapata cortante com circulação de água. No caso de perfuração em rocha, utilizam-se martelos de fundo a ar comprimido.
Terminada a perfuração o elemento metálico é posicionado, junto com o tubo de injeção, e é feita a injeção de calda de cimento até a mesma sair limpa pela boca do furo. Retira-se na seqüência o tubo de revestimento, complementando-se o volume de nata.
Quando necessário, aguarda-se 12 horas de cura da bainha e realizam-se injeções adicionais através de um tubo de injeção dotado de válvulas manchete e obturador.
Aguarda-se então a cura da nata de cimento do tirante e da estrutura e na seqüência realiza-se a protensão, juntamente com os ensaios previstos em norma.

COTAÇÃO SEM COMPROMISSO

Preencha este formulário, que entraremos em contato imediatamente

OFFICE LINE

1.800.555.6789

EMERGENCY

1.800.555.0000

WORKING HOURS

9:00am – 6:00pm

OFFICE LINE

1.800.555.6789

EMERGENCY

1.800.555.0000

WORKING HOURS

9:00am – 6:00pm